Você é bom em gerenciar conflitos?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Muita gente acha que resolver conflitos é um bicho de sete cabeças, e para muitos é mesmo, sabe por quê? Porque independente do status ou nível cultural de uma pessoa, para gerenciar bem um conflito ela precisa ter inteligência emocional – caso contrário aquele pequeno problema se transforma em um monstro enorme.

Situações onde uma equipe de trabalho não se entende e o líder não consegue diagnosticar as causas dos conflitos representam uma zona de risco constante que prejudica a equipe e consequentemente o bom desenvolvimento da empresa.

Imagine-se agora sendo contratado e pronto para gerenciar uma equipe de trabalho formada por pessoas que nunca exerceram nenhuma atividade coletiva. O que você deve fazer para transformá-los em colaboradores satisfeitos e produtivos?

Observe como alguns times de futebol estão se comportando hoje. A liderança contrata um técnico e em três ou quatro partidas o demitem se os resultados não forem os esperados. Em sua opinião, isso está certo ou errado?

É inaceitável achar que os conflitos que causam as derrotas naquela equipe podem ser solucionados a curto prazo, sem um diagnóstico dos reais problemas que devem ser encarados de frente.

Observe que o time que troca de técnico constantemente continua perdendo e ficando cada vez mais próximo do rebaixamento. Em outros casos, o formato aplicado na condução da equipe de futebol está totalmente equivocado. Nesse caso entram ações técnicas e táticas como formação da equipe dentro do campo e a principal e fundamental ação que o técnico precisa incorporar em sua equipe, a verdadeira vontade de vencer.

Sem motivação não se chega a lugar algum, e assim como acontece numa equipe de futebol, em um time de colaboradores não é diferente. O gerente da equipe necessita de conhecimentos específicos para lidar com os conflitos, ser neutro e manter uma visão periférica dos acontecimentos. Só assim ele saberá o que fazer e a forma com que tomará suas atitudes em busca de soluções.

Gerenciar conflitos ou solucioná-los não é, e nunca , um bicho de sete cabeças. Basta usar as técnicas certas e aplicá-las da maneira correta e no tempo certo.

tomas-tm

Tomas Filho é jornalista, consultor, palestrante e fundador do Projeto TM Fácil.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×