Como administrar relacionamentos nas empresas familiares

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

 

As empresas familiares no Brasil ocupam hoje uma grande parcela do marcado nacional, elas existem em todos os setores, por tanto são consideradas colaterais. Saber tocar as chamadas EF não é uma tarefa fácil e na maioria das vezes por falta de preparo e com as mudanças em todos os setores na vida das pessoas se torna quase impossível manter uma empresa com esse formato funcionando sem nenhuma divergência. Essas instituições possuem em suas estruturas um compromisso muito alicerçado assim como as demais com o mercado de trabalho, fornecedores, localidade onde estão inseridas e contribuição de valores sócio econômicos.

A dificuldade do convivio nas empresas familiares

O grande desafio é manter essa instituição sob controle e administrar em um ambiente onde as pessoas que estão envolvidas pertencem à mesma arvore genealógica. Para quem comanda dividir cargos de acordo com as aptidões e capacitação dos parentes sem beneficiar ninguém é quase humanamente improvável. Os condutores ou gestores da organização além de se depararem com essa fase que é extremamente difícil, ainda tem uma grande batalha que é o relacionamento interpessoal, que se entre estranhos provoca um verdadeiro estardalhaço no gerenciamento da instituição, imagine entre pessoas da mesma família, que convivem quase que sempre juntas dentro e fora do ambiente de trabalho.

O que mais atrapalha na gestão das empresas familiares

O maior gargalo que atrapalha e interrompe a fluidez da maioria das empresas com esse perfil é não saber conduzir as pessoas para suas zonas de calmaria sempre que alguém entra em conflito. Os líderes desse tipo de empresa precisam ter muita experiência em Inteligência Emocional, para nas ocasiões de distúrbios entre colaboradores apontarem imediatamente uma saída. Para um Coach de relacionamentos é mais fácil lidar com estas ocasiões, pois ele (a) já possui o preparo e técnicas que solucionam qualquer contrariedade.

Especialista em relacionamentos resolve

O que ocorre na maioria das vezes é que os gestores, chefes ou líderes de empresas familiares desconhecem essas técnicas e acabam aumentando o grau do problema para proporções gigantescas onde a dissolução da empresa é quase que inevitável. Para que isso não ocorra na sua instituição se ela possuir essas características o melhor a fazer com uma certa urgência é contratar especialistas para promover treinamento especifico onde todos irão entender como se comportar melhor diante as dificuldades de relacionamento.

O costume de casa vai a empresa

O que mais acontece é a falta do respeito profissional, pois o que acontece em casa no ambiente descontraído acabado indo para dentro da empresa e isso causa um dano de enormes proporções para a organização. Outra forma de mostrar uma boa condução quando a corporação apresenta essa dificuldade é promover palestras que abordem comportamento interpessoal. As empresas de família contribuem hoje no Brasil com cerca de 48% do PIB, mas institutos especializados afirmam que esse percentual é bem maior, pois toda grande empresa nasce do sucesso de um empreendedor que começou com o porte familiar. Outros artigos falando sobre comportamento ou inteligência emocional você encontra aqui. Faça sua inscrição para receber nossa newsletter e fique por dentro dos nossos temas, contato@tmfacil.com.br.

tomas-tm

Tomas Filho é jornalista, consultor, palestrante e fundador do Projeto TM Fácil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×